Radiestesia – Pênduloterapia

Radiestesia – Pênduloterapia

Conheça os benefícios e entenda a prática.

Segundo pesquisadores radiestésicos como Chaumery, Belizal e La Forrest, a percepção da radiestesia acontece através de sensibilizações provocadas por micro vibrações que percorrem os circuitos nervosos dos membros superiores do radiestesista, estimulando e produzindo micro movimentos polarizados que, aliados a respostas do nosso inconsciente, se traduzem em oscilações de um pêndulo que funciona como amplificador das radiações receptadas, sendo este o segredo que explica o movimento do pêndulo radiestésico.

Vivemos em um oceano de frequências energéticas e nossa consciência destas frequências depende da nossa habilidade em conseguir registrá-las. Esta habilidade pode ser desenvolvida de forma similar à sintonização das vibrações e frequências de um rádio com um aparelho. A receptividade aqui tem um peso importantíssimo, e o que recebemos e captamos depende muito de treinamento e também do nosso estado de conscientização.

A consulta com mesa radiônica é um método de atendimento terapêutico que permite ao indivíduo tomar consciência do motivo de determinados desequilíbrios e doenças, e trabalhar numa cura completa, que abarca ao mesmo tempo o corpo físico, mental, emocional e espiritual.

Como o Pêndulo funciona?

O pêndulo na radiestesia é um instrumento que serve de ligação entre nosso consciente e inconsciente. A estrutura do pêndulo é simples, consistindo em um peso preso à ponta de um fio que seja flexível e resistente. O material não é o mais importante, então um pêndulo pode ser feito, por exemplo, com um anel pendurado em uma linha.

Um pêndulo radiestésico é um instrumento de pesquisa e procura, um instrumento divinatório que serve para tantos fins que muitas vezes temos quase a certeza de possuir algo que nos leva a ter a resposta universal e generalizada sobre qualquer coisa.

Profissionais Responsáveis:

Aline Real

Priscila Duarte